terça-feira, março 27, 2012

Como passar delineador?


Uma das coisas mais difíceis na opinião da maioria das pessoas que gostam de maquiagem, é aprender a passar o bendito do delineador!!
Fica lindo e é prático!
Só com um delineador,máscara pra cílios e um batom colorido, o make já fica lindo e dá todo um destaque bonito ao olhar! Mas toooodo mundo tem dificuldade e as pessoas às vezes acabam desistindo por achar muito difícil!
Para algumas dicas, assista aos videos abaixo: O primeiro é com a maquiadora Vanessa Rozan, e o segundo com a minha Youtuber favorita, que é a Mariana do canal viiixxxen, e também o maquiador maravilhoso da marca O Boticário, que se chama Sadi Consati. Nos vídeos eles ensinam e dão algumas dicas de como passar delineador!! Vc encontra mtos outros videos do mesmo estilo pela internet afora, mas esses dois são bem "dignos" e dá pra aprender mto bem, tá bom?
Mas algumas coisas que preciso te dizer antes são:
Delineador é prática!! Vc precisa treinar e treinar bastante! Treine na mão, no olho mesmo..treine bastante pra sua mão ir ficando firme e vc ir pegando a prática!!
Faça um traço com o lápis preto de olho antes,um delineado com lápis e depois venha com o delineador propriamente dito(liquido,gel,creme,o que vc tiver) e somente passe por cima de onde vc já traçou com o lápis! Fica bem mais fácil de se guiar, pois já tem um caminho pra seguir.
Tenha um lugar para apoiar suas 2 mãos,pois elas estando bem firmes, fica mais difícil vc errar, escorregar a mão e etc, por falta de apoio.
Já te digo que minha próxima postagem, será um video ensinando a fazer uma maquiagem verde, e neste video eu passo o delineador e dou alguns toques também de como passá-lo! O video já está pronto! Aguardem que em breve ele vem ao ar!
Enquanto isso, assistam aos videos abaixo que valem muuito a pena e tem dicas muito úteis também, ok?




Agora, vamos delinear os olhinhos e sair lindas por aí...hehe!
Fiquem com Deus!

sábado, março 24, 2012

Apostila "A Vida de Jesus - parte I"




Olá Santas!

Trago hoje para vocês um material lindo que duas amigas minhas, a Ellise Ferro e a Sabrina Sukerth, criaram para o trabalho com crianças na igreja delas. É uma apostila com um total de 8 lições que abordam o tema "A Vida de Jesus", feita para crianças entre 7 e 10 anos.

Fiquei muito feliz que elas tenham permitido que eu compartilhasse esse material com vocês! Todos os materiais que já usei para dar aula eram de editoras, e posso dizer que esse das meninas é um dos mais lindos que já vi. Cheio de figuras da turma do Smilinguido e atividades lindas. Esperamos que seja útil para vocês!

(Caso não consiga fazer pelo link, tente direto por aqui)

Não deixem de visitar o blog delas, e contá-las caso tenham usado o material, e como estão fazendo isso.



domingo, março 18, 2012

Geração “fone-de-ouvido” (parte 2)

Olá, santas-meninas, estão me ouvindo? :)

DSC_6780_282_29_large

Ouvindo a Deus - no meu último post falamos como é importante deixar nosso fone-de-ouvido de lado e ouvir a voz de Deus (leia a parte 1)

 

Ouvindo uns aos outros

No mundo do fone-de-ouvido, o individualismo é evidente. Ouvimos para nós mesmos. Achamos que o mundo ao redor gira em torno da nossa audição. Parece que aquilo que você está fazendo tem até trilha sonora. Mas, já experimentou ouvir e cantar uma música com seus amigos? É uma experiência empolgante.

Stott fala: “Comunhão depende de comunicação”. Quando ouvimos e falamos uns com os outros, os relacionamentos progridem e se desenvolvem, caso contrário, são condenados à ruína. Comunicação não é um monólogo.

Em Provérbios há muita ênfase no ouvir o outro, como por exemplo:  “O caminho do insensato parece-lhe justo, mas o sábio ouve os conselhos.” (Provérbios 12:15), “Como brinco de ouro e enfeite de ouro fino é a repreensão dada com sabedoria a quem se dispõe a ouvir.” (Provérbios 25:12)

 

A necessidade de ouvir aplica-se à todas as esferas da nossa vida:

 

Família

family-love

Nós filhos precisamos ouvir a nossos pais “Ouça, meu filho, a instrução de seu pai e não despreze o ensino de sua mãe.” (Provérbios 1:8) Nossos pais possuem mais experiência e sabedoria do que possamos acreditar. Grande parte de nossos erros e consequências poderiam ser poupados se déssemos ouvidos ao que nossos pais nos orientam.

Os pais também precisam ouvir seus filhos, caso contrário, nunca irão compreender os problemas deles. É necessário que ambos tenham paciência, porque o mundo da juventude e dos pais são completamente diferentes, por isso, ouvir mutuamente é construir pontes entre as gerações.

Marido e esposa também precisam se ouvir.

“Quase todo rompimento matrimonial é precedido de quebra de comunicação. E assim dá lugar a incompreensões, suspeitas, lamentações, ressentimentos, até que se torna tarde demais, embora nunca é tarde para se começar a ouvir novamente” (John Stott, grifo meu)

 

Trabalho

meeting-conflicts

O ouvir é importante especialmente nas situações de conflito. Às vezes há um estado de surdez total (ambos não se ouvem e fingem que convivem) e falta a compreensão. Aí o único jeito é gritar uns com os outros. A reconciliação é possível quando os dois lados estão dispostos a ouvir um ao outro!

 

Igreja

Bible_reading_girlsHá sempre algum momento que haverá discordância seja em algum aspecto eclesiástico ou doutrinário, porque, afinal, a igreja é constituída de cabeças e ouvidos diversificados e diferentes. É interessante, no entanto, antes de criticar alguém ou algo, se dispor para ouvir o que a pessoa tem a dizer. Quando nos isolamos e o nosso contato consiste em apenas guerrear contra o outro, criamos um “inimigo mortal” com nosso irmão. Mas quando sentamos juntos e começamos a ouvir percebemos que nossos “opositores” são seres “normais”, nossos irmãos e irmãs em Cristo, e assim devemos cultivar a possibilidade de compreensão e respeito mútuo.

Enfim, em todas as esferas da nossa vida devemos ouvir como Ele nos ouve. Jesus poderia dar todas as respostas, uma vez que Ele sabia até o que se passava nos corações e pensamentos das pessoas, mas ele preferia ouvir as confissões de cada um especialmente, porque isso demonstra que o outro é importante, além de ser sinal de humildade e amor cristão.

 

Finalizo essa parte dizendo as palavras de D. Bonhoeffer:

“Os cristãos se esqueceram de que o ministério de ouvir lhes foi confiado por aquele que é, ele mesmo, o grande ouvinte e de cuja obra eles deveriam participar. Nós deveríamos ouvir com os ouvidos de Deus e falar a Palavra de Deus”.

“nunca é tarde para se começar a ouvir novamente”, lembre-se sempre disso!

Próxima edição: ouvindo o mundo!

Inspirado nas minhas leituras de “Ouça o mundo, ouça o espírito” de J. Stott, Ed. ABU

terça-feira, março 06, 2012

Editor de Fotos Online

Oi meninas, primeiro quero começar me desculpando, esse post deveria ter saído terça (21), mas devido ao retiro de carnaval e como não me programei antes, não deu! Maaas, atendendo a pedidos e como descrito no título, hoje vou dar dicas de editores de fotos online. #todasficafeliz



Antes de tudo, quero dizer que nunca usei um editor de foto online, mas como vocês pediram fui a procura e achei alguns que vou mostrar no post de hoje! 
Não vou explicar como usar cada um deles no post de hoje, eu achei bem fácil, mas se alguém tiver dúvidas claro que pode pedir nos comentários que eu faço um post explicando (to gostando de atender a pedidos *.*).
Eu escolhi 3 editores online, em todos eles você pode editar as fotos sem precisar criar uma conta. É só carregar a imagem, escolher o efeito e após aplicar o efeito você faz o download da sua foto ou pode enviar direto pra alguma rede social

PicFullé o mais fácil e rápido (e bonitinho), na minha opinião. (:


FotoFlexer: é muito bom, apesar de ser lentinho.

LunaPic: rápido e com maior variedade de efeitos.


Gostaram? Ajudou? Espero que sim! Beijos

domingo, março 04, 2012

Geração “fone-de-ouvido”

{ via beautyineverything.com}

Meninas e meninos, jovens ou adultos, hoje é muito comum você sair pelas ruas e encontrar muitas pessoas utilizando “fones-de-ouvido”. No ônibus, na parada, no shopping, em qualquer lugar é uma companhia sempre presente. Dizem que hoje é até uma forma de defesa contra conversas e convivências indesejáveis.

Mas, ao contrário do que se fechar dentro de um universo que seu fone-de-ouvido pode lhe proporcionar, um dos principais ingredientes para um relacionamento interpessoal saudável é o ouvir.

É sabido que a comunicação não implica em somente enviar uma mensagem verbal a que se destina o objetivo final da palavra, mas implica na capacidade de desenvolver bem a arte de ouvir. Muitas vezes negligenciamos este ingrediente, pois, em nossa forma egocêntrica, às vezes queremos ser ouvidos mas quase nunca dispostos a ouvir.

O apóstolo Tiago diz que “Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para irar…” (Tiago 1:19-20), portanto, ele nos ressalta que, primeiramente, é necessário ser rápido em ouvir. Quantas vezes alguém chega e diz: “ei, você não está me ouvindo!”. É insuportavelmente mal educado não escutar quando alguém está falando, e admito, muitas vezes, eu mesma preciso exercitar o ouvir na minha vida pessoal.

Mais do que escutar as pessoas, primeiramente precisamos ouvir a Deus. Neste relacionamento com o Senhor, dificilmente o ouviremos em voz audível como fez a Moisés e outros profetas da Bíblia, porque estes realmente eram “boca” de Deus, instrumentos de revelação no seu período.

A principal maneira com qual Deus nos fala hoje é através da sua Escritura. E o que ela diz (que pode ser lida ou ouvida) é o que Deus diz através dela. A sua Escritura apesar de tão antiga, responde ao mundo moderno com tanta atualidade, porque é viva e eficaz.

Mas, a humanidade nunca quis e não pode ouvir a Deus.

“A falta de comunicação entre Deus e nós ocorre, não porque Deus esteja morto ou calado, mas porque nós não estamos ouvindo” John Stott.

Por exemplo, se durante uma ligação telefônica, o telefone fica mudo, nossa conclusão imediata não é que a pessoa do outro lado morreu, mas que a ligação é que foi cortada, diz Stott. Assim acontece na nossa vida espiritual de relacionamento com Deus quando nos desligamos de Deus: não é Ele quem não se comunica, somos nós que não permitimos que Ele nos fale; não é Ele que desliga nossa comunhão, somos nós que deixamo de lado uma vida de oração e leitura da sua Palavra.

Isso me lembra uma das minhas personagens favoritas da Bíblia, Maria de Bethânia que sentou aos pés de Jesus para ouvir seus ensinamentos… Ela escolheu a melhor parte!

E você o que tem feito para ouvir aquilo que Deus quer dizer para você? Qual tempo que você fica em silêncio, aos pés Dele, para escutar sua voz?

Essa conversa continuará…

sexta-feira, março 02, 2012

Por que eu não consegui ser atéia

Sim, eu já tentei.
Se alguém próximo a mim ler esse texto provavelmente vai ficar surpreso, já que só a minha irmã e companheira de debates Jess (@abonitaflor) conhece um pouquinho desse meu lado. Antes de você continuar a ler isto também deve saber que eu não possuo a verdade e como todos vocês estou buscando crescer mais em sabedoria, entendimento e amor a cada dia. O que está escrito aqui é só um pouco da minha experiência, que depois de muito relutar, decidi compartilhar com vocês.
Eu cresci num meio evangélico, como grande parte de vocês, e sempre quis dedicar a minha vida ao máximo a Deus. Como criança e pré-adolescente absorvi muitas influências ao meu redor de pessoas cristãs, tomei para mim verdades que os outros diziam serem reais. O tempo vai passando, você vai amadurecendo, conhecendo coisas novas, aprendendo mais e eu comecei a questionar muitas coisas ao meu redor. Não me leve a mal, eu sempre busquei a santidade que me pregavam, sempre tentei dar o meu melhor para Deus em tudo, mas certas coisas não faziam mais sentido. Um desejo de conhecer mais e mais a Deus sempre ardeu no meu coração! E eu via pessoas que pareciam ser tão cheias Dele e eu não entendia porque, por mais que eu tentasse e dedicasse TUDO, eu não me parecia com aquelas pessoas. Comecei a ler livros e ver vídeos de pregações na internet, queria descobrir o máximo que eu pudesse. Li dois ou três livros, que não quero citar os nomes, de pessoas que tiveram profundas experiências (pelo que escreveram) e alguns deles continham uma espécie de "fórmula para se chegar a Deus", cada capítulo tratando do modo como nós deveríamos agir para estarmos em perfeita comunhão com Ele. Eu tomei aquilo pra mim. Eu não me guiei somente por livros, mas principalmente pela Bíblia.
 Não sei se você já chegou a um ponto como esse, mas se sim meu caro você sabe como é... Eu sentia que era tudo em vão. Eu chorava todas as noites e sentia que ninguém me escutava e se escutava porque Ele não fazia alguma coisa?! Eu estava ali, fazendo tudo o que Ele mandou fazer. O QUE MAIS FALTAVA?! O que mais eu tinha que fazer para ser merecedora?! Pra poder ter Ele perto de mim sempre?! Eu sentia que Ele não me amava.
Foi então que eu vi um autor, de um dos livros que eu comentei, em um vídeo na internet fazendo coisas que não se pareciam nada com o mover de Deus ao meu ver. Ou eu estava muito enganada, ou aquilo tudo estava muito errado. Poxa, alguém que disse coisas tão maravilhosas em um livro, que viveu grandes coisas agindo assim?! Essa foi uma das decepções em pessoas que eu admirava, comecei a me desacreditar. Então foi um dia deitada na rede, com uns 15 para 16 anos que eu joguei um livro de lado e disse: "HEY DEUS, EU NÃO QUERO MAIS ACREDITAR EM VOCÊ". Foi ai que eu comecei a ser sincera com Deus, antes eu não era eu mesma com Ele, eu agia como quem eu queria ser: a pessoa perfeita. Só que ninguém é perfeito, e Deus estava me ensinando isso...
Não durou muito meu "ateísmo" (percebem que mesmo não querendo acreditar eu ainda falava com Ele?). Eu me pegava brava com Deus, mesmo não querendo mais acreditar, eu simplesmente não conseguia! Eu não sei explicar! É uma força que me impedia de negar a existência Dele, era realmente sobrenatural em mim. É até engraçado pra mim hoje lembrar disso tudo...
Foi então que eu disse pra Ele: "Ok, nunca vou deixar de amar por mais que eu queia, não consigo. Vamos começar do início, quero tudo novo, quero meu conhecimento renovado".
Desde então as vendas dos meus olhos foram tiradas. Eu sou questionadora por extinto, mas não consigo ser rebelde, então eu vejo muitas coisas que não concordo nessa "cultura evangélica" (sim, hoje a religião se tornou uma cultura), mas busco minhas verdades com Deus antes de gritar ao mundo minha revolta. Aprendi que Ele é a única e melhor fonte de conhecimento e se você tem dúvidas peça a Ele de todo o coração que lhe mostre o caminho. EPA! Ele já mostrou: JESUS! O único caminho, a única verdade, a única vida.
As pessoas falam de Jesus todos os dias, cantam Jesus, mas e viver como Jesus?! Proponho um desafio a todos nós: ler a história de Jesus, analisar e tentar seguir o único caminho, que é Ele!

Essa foi a minha experiência, o caminho doloroso que eu tive que trilhar para crescer. Cada um de nós tem um. Eu aprendi que nunca vou ser perfeita, e Deus me ama do jeito que eu sou (isso não é desculpa para jogar tudo pro alto e viver a vida loka ok?!), aprendi também que não devo olhar para homens, nem me desacreditar quando eles falharem, porque o único perfeito nunca falhou e é pra Ele que eu tenho de olhar. Aprendi também que tenho muitas perguntas, e só Nele eu posso encontrar as respostas. Conheci recentemente o trabalho do C.S Lewis e me identifiquei muito com ele! E tem uma frase em especial que quero compartilhar com vocês:


"Eu acredito no Cristianismo assim como eu acredito no nascer do Sol, não porque o vejo, mas porque através dele eu posso ver todas as coisas" 


E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.João 8:32 


Esse foi um breve resumo, hoje eu me sinto totalmente completa, ainda tenho muitos questionamentos mas tento fazer com que nada disso me cegue, já que a verdade um dia se revelará para todos nós. E quando algum pensamento como: "e se tudo isso for uma farsa? Se tudo for um teatro da nossa psique?!", eu posso responder para mim mesma: o que eu sinto quando canto e toco pra Ele, a alegria completa que eu sinto nessa ligação de criador e criatura é tão perfeita que é impossível que não seja real! Deus é muito mais do que eu e você imaginamos, Ele é infinito e supremo e um dia iremos conhecê-lo face a face.
Para finalizar deixo com vocês uma das minhas músicas favoritas que tem tudo a ver com esse post.






quinta-feira, março 01, 2012

Agora dá para comentar pelo facebook!

Gente, eu vim para anunciar a novidade que está em fase de teste aqui no blog... A opção de comentar pelo facebook. Como o número de usuários do face anda crescendo, achamos interessante testar essa plataforma na tentativa de criar novas formas de participação no site!

Vocês sabem que a opinião e participação de vocês é de suma importância certo? O santa menina tem recebido um número grande de visitas e poucos comentários :( Um blog sem comentário morre gente!! A opinião de vocês (mesmo que seja para sugerir ou questionar algo) é SEMPRE BEM VINDA!  Então não deixem de participar, porque agora não tem desculpa, dá para comentar pelo blogger e pelo facebook (mais prático e facíl).

Como comentar pelo facebook?



É simples. Agora lá embaixo onde tem o campo para comentar pelo blogger também aparecerá uma janelinha para comentar pelo facebook também. Simples e fácil!!


Ok, isso é bom, mas usem com bom senso!

Certo, o facebook é seu, mas ainda sim é um lugar PÚBLICO, então bom senso se faz necessário. Ao comentar usando a ferramenta certifique-se que a opção PUBLICAR NO PERFIL está ou não selecionada, porque se ela estiver isso quer dizer que seu comentário e o link do post vão para o seu perfil do facebook e TODOS os seus amigos terão acesso.

Dai vocês vão me perguntar... mas e daí?

Se você realmente quiser compartilhar o artigo tudo bem, não há nenhum problema. Mas tem artigos e certas coisas que são um pouco complexas para divulgar com todos os amigos no facebook. lembre-se que lá existem pessoas de todos os tipos, crenças, religiões, convicções e talvez sua opinião possa chocar, ou intimidar, ofender ou irritar... Sempre analise e pondere o que vale a pena ser compartilhado. Afinal, você sabe os amigos que tem e com quem deve compartilhar o que, certo? Tenho certeza que todo mundo é capaz de discernir isso!